terça-feira, dezembro 04, 2007

Teu corpo


by Alan Ballinger

Eu reparo em teu corpo
elegante e sensual
modelado pelo tempo
nada nele é artificial

Eu o desejo por inteiro
explorar cada pedaço
ser como um aventureiro
conquista-lo paço a paço

E juntos podermos navegar
numa onda de prazer
na esperança de alcançar
o extase ao amanhecer

Naufragar na turbulencia
dos sentimenos vividos
e na praia da consciencia
repousar os corpos cansados

O teu corpo junto ao meu
num sorriso compremetedor
encosto o meu ao teu
num beijo de amor



8 comentários:

M@ri@ disse...

Como é bom sentir a quem amamos...
Meu doce amigo desejo te uma linda noite.
Deixo te um beijo doce
M@ri@

Secreta disse...

Bonitas estas tuas palavras. Demonstram bem o quanto o Amor é belo e terno.
Beijito :)

@ir@ disse...

Desta vez não venho fazer comentário, mas sim convidar a vir ao meu blog.

beijo de @ir@

Betty Branco Martins disse...

Olá Carlos



_____________lindíssimo


sensualidade__________numa entrega




de___________sentires___...




beijO

M@ri@ disse...

Ola meu lindo amigo

Se tiveres uma planta,tens de cuidar dela...
porque o tempo passa ,e essa planta vê se sem agua e abandonada.
perde a razao para viver...
Assim é os amigos...
Temos que lembrar los que não foram esquecidos.
Ainda que o silencio se mantenha.
e a distancia seja grande...
Aqui estou eu para regar a minha amizade.
Desejo te um lindo fim de semana.
Deixo te um
Big Kiss
xoxoxxx
M@ri@

Ana S. disse...

Bonito poema.
Não ter nada artificial já é bom sinal :)
Beijos

M@ri@ disse...

Ola meu doce amigo
Vim desejar te um bom começo da semana.
deixo te um big kiss
xoxoxx
M@ri@

AP disse...

Talvez gostes, talvez não, mas não deixes de espreitar

http://inconfessaveisegredos.blogspot.com