terça-feira, novembro 27, 2007

Tango meu



O teu perfume sentir
esse aroma doce e sensual
me fez tua mão pedir
neste encontro casual

Te quero pedir com alegria
um pouco do teu espaço
mas contigo me perdiria
eternamente sem descanço

Mas agora e neste momento
quero contigo rodopiar
não levados pelo vento
mas este tango aconpanhar

Saborear em cada passo
o teu corpo o teu olhar
esperando no contrapasso
teus labios alcançar


8 comentários:

cõllybry disse...

Tango,que saudade, relembrei no passado...

Bjca doce

Ana S. disse...

Olá Carlos!
A magia de um tango torna tudo mais sensual.
Beijos

impulsos disse...

A sensualidade de uma dança mítica que faz arrepiar quem dela se alimenta...

Há melodias que nos fazem elevar a alma e quase... quase voar...
O tango é uma delas!

Como sempre, a tua marca única e diferente aqui bem patente no teu estilo de poesia sempre a rimar!

Beijo

@ir@ disse...

Tango e perfume a mor a vista.
Beijo

M@ri@ disse...

Ola meu doce amigo
Desculpa esta minha ausencia.mas o meu pc nao estava bom .
Nao conseguia comentar em ninguem.
Desejo te um lindo Domingo
Deixo te um Big Kiss
xoxoxx
M@ri@

São disse...

Perdão, mas gosto muito mais de flamenco!!
Já assinou a Petição a favor das crianças abusadas sexualmnte?
Boa semana!

Anónimo disse...

mt interessante o blogue. n conhecia.

deixo uma dica de um autor novo que merece ser divulgado:

www.tiagonene.pt.vu

Bi.

Menina do Rio disse...

Saboreei cada passo...

Um beijo