domingo, novembro 02, 2014

Do infinito





Sou vida que eternamente
se prolonga em infinito aberto
sou corpo, alma mente
espírito sem espaço ou tempo certo

sou mais do que sei
mais do que dizem os sentidos
faço parte do universo onde andei
durante anos luz perdido

mas esta viagem não acabou
nem vai acabar tão cedo
depois de mim eu vou
andar pelo universo em segredo

1 comentário:

© Piedade Araújo Sol disse...

um hino à vida.

muito bem!

gostei!

:)