quarta-feira, agosto 01, 2007

De manhã

passing through
by Oana Ingrid


Quando me levantei
estavas a dormitar
ao de leve te beijei
não te queria acordar

Parecias um anjo
nesse teu sono profundo
me levantei com o desejo
de a ti ficar abraçado

Não sei o que me deu
os lençois de ti afastei
tua nudez me convenceu
teu corpo eu beijei

Acordas-te com um sorriso
vi teu olhar dizer
vem, de ti eu preciso
vem em meu corpo te perder

Ao som do teu gemer
te abracei para dançar
num tango me perder
em teu sorriso me encontrar



8 comentários:

Vladimir disse...

maravilhoso, muito sentido.....

[[cleo]] disse...

Neste teu modo de escrever
Em rimas simples
E fáceis de ler
Pintando quadros
De mil cores
De emoções várias
Sempre em verso
Sem vaidades
E tu sabes!
Assim sendo
Eu gosto muito de te ler!

Beijo

por uma lágrima disse...

E de novo, pé ante pé, entrei para respirar a beleza e suavidade deste cantinho.

Deixo-te um beijo com carinho

Vity disse...

Ola...

Mas que linda dança...

A dança do amor ... do desejo ... do prazer...

Simplesmente lindo...

Bom fim semana´
Beijo
Vity

cõllybry disse...

O despertar, mesmo que fosse que sereno seria...

Doce beijo

a.h. disse...

Olá!
Novo visual é sempre bom!

Das palavras "matinais", já havia lido, antes - pensamentos interiores, sentir revelado deste jeito muito gostoso de ser ler.
Hoje, ao passar, L. Cohen que vem também dar um toque diferente por aqui!
Tudo de bom.
Bjs

katrina19793@sapo.pt disse...

Olá! Há mt tempo que não passo por cá... Bela descrição da manhã...;)

Vity disse...

Ola,

Passo para te desejar uma boa semana, e, deixo-te um beijo...

Vity