terça-feira, maio 22, 2007

Esta estrada

by roger sonneland

Quem me viu assim
andando nesta estrada
olhou e disse para mim
onde o leva a caminhada

Eu não sei a direcção
vou sempre em frente
seguindo aquela canção
que toca na minha mente

Ela me faz dançar
faz de mim um trovador
me dá força para continuar
faz de mim um vencedor

Vencedor desta batalha
que se trava diariamente
onde cada erro cada falha
nos fortalece continuamente

É de amor esta canção
de paixão de alegria
ela me enche o coração
no começo de cada dia

Para isso, eu ao acordar
me sento sozinho no chão
e sem nada em que pensar
faço um pouco de meditação

Quem me vê assim sorrindo
nesta estrada a andar
pode dizer "ali vem vindo"
quem a Bela, vida sabe amar



8 comentários:

M@ri@ disse...

Meu doce Amigo

Quem não erra? e não é assim que apendemos a tentar não cometer mais?

Este teu post toca na alma de quem ler...
Desejo te uma linda tarde

Beijo doce

:))))))

Ana S. disse...

É bom amar a vida porque assim há sempre vontade de seguir em frente.
beijos

Moura ao Luar disse...

Um beijo

tibeu disse...

Gostei deste poema, os meus parabens

Secreta disse...

Quem te vê assim o primeiro impulso que sente é o de sorrir :)
Beijito.

Elsa disse...

Bonito poema, sensivel

Skin on Skin disse...

Eu não sei a direcção...mas se me deres a mão, seguimos juntos a voz do coração! ;)

Beijokas on skin

Espirito da Lua disse...

Gostei muito tens um blog muito giro, divertido e sexy;)